Archive for dezembro \18\-03:00 2017

Para…

18 de dezembro de 2017

No Balcão do bar um livro de poesia

18 de dezembro de 2017

Comunico que existem exemplares para serem possuídos por quem quiser conhecer a prosa poética desenvolvido no livro “Para onde vão os sapatos”, para tanto, basta, em qualquer noite dessas, ir aos seguintes bares da Praça Roosevelt: 1) Vinil Retro Cafeteria e Tabacaria nº 230; 2) La barca nº 226; 3) Amigos do Zé nº 92; 4) Fabinho nº 28; Espetinho do Biro nº 252 (poderemos ter outros). Nesses bares você poderá comprar um exemplar por R$ 25 ou recebê-lo de presente do autor pessoalmente, se 0 acaso permitir o encontro. O fato do envolvimento dos bares da Praça na distribuição de produções independentes (livros, por exemplo) é uma proposta da comunidade boêmia da Praça Roosevelt envolvida entorno das respostas possíveis para o “por que não?” das provocações do Sarau dos Achados e Perdidos.

CLAUDIO WILLER ESTÁ DE MUDANÇA

18 de dezembro de 2017

Para não perdermos a orientação.

Claudio Willer

Na foto, o local.  É no prédio.

Pela burocracia brasileira de telecomunicações, talvez seja mais difícil achar-me – mas abrirei internet. E atenderei celular.

Quem quiser / precisar saber do meu novo endereço, gostaria que se comunicasse comigo por e-mail ou no “inbox” do Facebook – transmitirei com satisfação.

Mudança de local inclui a artista plástica Maninha Cavalcante.

Logo darei mais boas notícias.

Obrigado.

Ver o post original

Dia 13.12.2017 tem lançamento do livro “Para onde vão os sapatos”

9 de dezembro de 2017

CONVITE. Prosa poética.  noite depois das 20hs do dia  13.12.2017. Meio fora do bar Amigos do Zé. Praça Roosevelt, 92 São Paulo – SP.   Lançamento do livro “Para onde vão os sapatos”, que chega prefaciado por Claudio Willer, com projeto gráfico de Vinícius Lourenço Costa e revisão de Maria  do Carmo Rodrigues (Carminha Rodrigues). O livro se decompõe em distorções de distrações na relação do poeta  numa locacidade tantã. Um jogo. Uma composição de possíveis mistérios. Mais ou menos isso, neste momento.  Você poderá comprar um exemplar ou receber  um  de presente.  A decisão é sua, pois para mim  o prêmio vem da intenção de transmitir poesia através   da leitura de poemas do livro.   Seja bem vindo.

 

CARDS PARA ONDE VAO OS SAPATOS 2